O método funcional é caracterizado por mesclar diferentes capacidades físicas em uma única seção de treinamento, trabalhando todo o corpo ao invés de apenas um grupo muscular.

O treinamento é focado nos movimentos fundamentais do homem primitivo e que são executados também no cotidiano do homem moderno, que são: agachar, pular, avançar, abaixar, puxar, empurrar, levantar e girar.

Qualidades como força, velocidade, equilíbrio, agilidade, coordenação, flexibilidade e resistência são integradas de forma a proporcionar ganhos significativos de performance para o indivíduo em sua atividade específica.

Na atualidade o Treinamento Funcional, mantém a sua essência como um método de treinamento físico, com a premissa básica de melhoria da aptidão física relacionada à saúde ou melhoria da aptidão física relacionada a performance e prevenção de lesão músculo-esquelético.
Tem como característica realizar a convergência das habilidades biomotoras fundamentais do ser humano, para produção de movimentos mais eficientes.
A vantagem deste método de treinamento é a de atender tanto o indivíduo mais condicionado como o menos condicionado, criando um ambiente dinâmico de treino.